Cronograma

Fique por dentro dos horários do Seara 2016

Fique ligado!

Seara Ao Vivo

Você pode acompanhar o Seara Ao Vivo pela internet

Acesse!

Searinha

O Searinha, momento já tão conhecido do Seara, é um sim a esta palavra que nos convida a deixar que as crianças se aproximem de Jesus.

Fique por dentro!

2/08/2016

O que tem tirado a nossa alegria e nos afastado do amor de Deus?




Feliz o homem que não procede conforme o conselho dos ímpios, não trilha o caminho dos pecadores, nem se assenta entre os escarnecedores”. (Salmo 1, 1).

Foi assim que a Adriana Moutinho, participante da RCC Viçosa há 25 anos, iniciou sua pregação. Para realmente buscarmos a felicidade e evitar perder a nossa alegria, não podemos ser ímpios, cruéis, desumanos e nem perder a fé. E tudo que desumaniza o homem, é pecado.
Existem muitas situações que nos impedem de viver a alegria que vem de Deus. Essas coisas fazem com que aos poucos vamos nos distanciando do verdadeiro Amor e consequentemente nos distanciamos de nós mesmos e dos outros. Estando tão longe, impedimos que Deus se aproxime de nós e derrame suas graças para nos curar.
E o que nos tira a alegria? Todas aquelas situações em que mergulhamos na fraqueza de nossa humanidade e nos fazem pecar contra o amor de Deus. “Ora, as obras da carne são estas: fornicação, impureza, libertinagem, idolatria, superstição, inimizades, brigas, ciúmes, ódio, ambição, discórdias, partidos, invejas, bebedeiras, orgias e outras coisas semelhantes. Dessas coisas vos previno, como já vos preveni: os que as praticarem não herdarão o Reino de Deus” (Gálatas 5, 19 - 21).
Segundo o Catecismo da Igreja Católica “Pode-se pecar contra o amor de Deus de diversas maneiras: a indiferença descuida ou recusa a consideração da caridade divina; desconhece-lhe o cuidado preveniente e nega-lhe a força. A ingratidão não reconhece, por desleixo ou recusa formal, a caridade divina, não retribuindo amor com amor. A tibieza, que é hesitação ou negligência em corresponder ao amor divino, pode implicar a recusa de se entregar ao movimento da caridade. A acédia ou preguiça espiritual chega a recusar a alegria que vem de Deus e a aborrecer o bem divino. O ódio a Deus nasce do orgulho: opõe-se ao amor de Deus, cuja bondade nega, e ousa amaldiçoá-lo como Aquele que proíbe o pecado e lhe inflige o castigo”. (Catecismo da Igreja Católica, 2094)
São Paulo em sua carta aos Romanos nos diz que não fazemos o bem que queremos, mas somos capazes de fazer o mal que não queremos. (Rm 7, 19). E muitas vezes falamos coisas que ferem as pessoas que amamos. Somos capazes também de negar o serviço a Deus e nos afastamos D’Ele. Isso nos afasta da verdadeira alegria que nos vem de Deus. Muitas vezes os filhos tiram a alegria dos pais, porque escolhem trilhar caminhos que levam a perdição. A falta de acolhimento, a falta de perdão, brigas na família ou no trabalho, rancor, inveja nos tira essa alegria.
Na maioria das vezes temos a ciência de que aquela situação que vamos ou estamos vivenciando nos afastará da alegria de Deus. É como se fosse um sinal de Deus nos avisando, “não filho, não vá, não se afaste de mim”. É um apelo de Deus, que infelizmente somos incapazes de perceber a ação D’Ele.
Precisamos estar cientes que mesmo enfermos, somos guerreiros. Mesmo em situações que nos tiram a alegria, somos guerreiros e temos a graça de Deus. Para buscar a alegria verdadeira precisamos estar na presença de Deus, diante D’Ele, aos pés da cruz do Senhor.
E é aos pés da cruz que temos que depositar todas as nossas misérias e nossas dificuldades. Nos rasgar por inteiro, entregando verdadeiramente a nossa vida nas mãos de Deus e tomar posse de que nunca mais nada disso nos afastará da verdadeira alegria que nos vem de Deus. Pois "A alegria do Senhor é a nossa força" e somente N'Ele e por Ele conseguiremos vencer.
E quando a caminhada se tornar difícil, possamos nos fortalecer no Senhor, buscar a força em Deus para nos ajudar a vencer as situações que nos afastam da alegria D’ele. Finalmente, irmãos, fortalecei-vos no Senhor, pelo seu soberano poder. Revesti-vos da armadura de Deus, para que possais resistir às ciladas do demônio”. (Efésios 6, 10-11).
E você? Quais tipos de situações têm tirado a alegria da sua vida?

Não entregues tua alma à tristeza, não atormentes a ti mesmo em teus pensamentos. A alegria do coração é a vida do homem, e um inesgotável tesouro da santidade. A alegria do homem torna mais longa a sua vida. Tem compaixão de tua alma, torna-te agradável a deus, e sê firme; concentra teu coração na santidade, e afasta a tristeza longe de ti, pois a tristeza matou a muitos, e não há nela utilidade alguma. A inveja e a ira abreviam os dias, e a inquietação acarreta a velhice antes do tempo”. (Eclesiástico 30, 22-26).
Compartilhe:

"Vê a alegria que te vem de Deus" Br 4, 36b.

O tema do Seara 2016 é “Vê a alegria que te vem de Deus” (Br 4, 36b), o Padre D’Artagnan Barcelos, atualmente em Pedra Bonita – MG, na tarde desta segunda, 08, veio partilhar sobre a palavra do profeta Baruc.
Certamente, Baruc foi secretário do profeta Jeremias, coube a ele profetizar em um tempo difícil e traumático em Israel. O povo foi tirado do Egito e levado à terra prometida, e como consequência dos seus pecados e infidelidade são colocados no exílio. E Baruc afirma “Coragem, Jerusalém! Aquele que te deu o nome consolar-te-á” (Br 4, 30). Conforme revelado, o tempo no exílio não dura muito tempo porque Deus os livra. E o profeta continua “Jerusalém, volta o teu olhar para o oriente, vê a alegria que te vem de Deus” (Br 4, 36).
A vontade de Deus é que tenhamos alegria, e Ele nos convida a saborear desta. Por isso, o Papa Francisco nos exorta na encíclica ‘Evangelii gaudium’ que “a alegria do evangelho enche o coração e a vida inteira daqueles que dão a vida por Jesus”. O evangelho é a palavra que nos liberta da tristeza, do pecado e do vazio interior.
O tema alegria interessa a todos: – quem não deseja ser feliz? Ao ligarmos a televisão nos deparamos com vários anúncios publicitários nos apresentando a “felicidade”. Nesta época, em que tantos falam sobre a alegria, talvez nunca se tenha visto tanta gente infeliz. A depressão que era tida como a doença do século passado continua até hoje assombrando muitas pessoas.
            As palavras do Papa Francisco na encíclica e também as do profeta Baruc são um convite a um novo tempo na evangelização marcado pela alegria. Porém, não uma alegria passageira que o mundo nos oferece, principalmente nesta época de carnaval.       

“Mas será que nós, cristãos assíduos, vivemos a alegria do evangelho de verdade?”

           Muitas vezes, ao invés de atrairmos mais pessoas para a Igreja, nós as espantamos com nossa “cara azeda”. Isso porque muitos que se dizem fervorosos não se encontraram verdadeiramente com o Senhor, se esbarraram muitas vezes, mas um encontro real ainda não existiu.
            Em Lucas (cap15, 11), o Senhor nos conta a parábola do Filho Prodigo. Sempre atual, ela nos tira do chão, porque hora somos o filho mais novo que gastou a herança, em outra somos o mais velho que, se dizendo um bom filho, não aceita com misericórdia o retorno do irmão. Deus, presente na figura do pai nos mostra a verdadeira alegria ao festejar o retorno do filho que se havia se perdido. Na passagem, ao falar da alegria do reencontro, Deus nos mostra seu rosto.
            O filho mais novo encontra uma alegria que é real, porém passa rápido. A sua busca é pela alegria no dinheiro, festas e bebidas. Ele encontra o vazio, uma alegria que não consegue preencher a necessidade do seu coração. E quem não sabe o valor que possui se coloca em liquidação. A época em que ele viveu não é tão diferente da que vivemos hoje, constantemente buscamos os mesmos prazeres, somos falhos e não conseguimos reconhecer a maravilha da felicidade que vem de Deus.  
            A alegria do reencontro entre o pai e o filho mais novo causa o desgosto do filho mais velho. Deus procura motivos para fazer festa, assim como aquele pai, afinal, seu filho foi criado pelo transbordamento da alegria da Santíssima Trindade. Aquele que se julga correto, bom filho, não consegue ver a felicidade do outro, é incapaz de agir com a mesma misericórdia que o pai age.
Há muitos cristãos que colocam máscaras para encobrir suas falhas, se colocam como santinhos, porém não agem como tal, assim era o irmão mais velho. Às vezes, fazemos tudo certinho, mas somos tristes, mal humorados. Um servo de Deus que se perde da alegria é porque tem rezado em cima de máscaras. A alegria do evangelho precisa salvar, e quem não se sente pecador não precisa se salvar. O irmão mais velho rezava tanto e só viu o defeito dos outros.

Para vivermos a alegria é preciso arrancar as máscaras, Ele quer mudar o nosso coração.  A alegria que te vem de Deus é aquela de ser amado com misericórdia, dada como um dom, pois por si mesmo não é possível. A graça só pode ser inflamada no coração contrito, humilhado. Quando conhecemos um Amor maior, nós queremos também que o nosso próximo experimente desse amor, dessa alegria que nos enche e renova. Da mesma forma, o Senhor tem estado com saudade de nós e daqueles que não perdem a missa em nenhum domingo. 
Compartilhe:

Do alcoolismo a vida dedicada a Deus

Cidinha Oliveira nasceu na zona rural de um pequeno distrito da cidade de Viçosa, vivia em uma  casa pequena com seus pais e mais 11 irmãos. Aos 7 anos Cidinha perdeu seu pai de forma trágica,  morto à tiros por um amigo. Sem o pai, Cidinha e seus irmãos tiveram que trabalhar na roça para poderem manter o sustento da família, que acabará de perder seu alicerce.
Quando completou 11 anos, Cidinha teve que sair de casa para trabalhar e ajudar no sustento da família, Viçosa  foi seu destino, onde trabalhou em diversas casas de família, e todo o dinheiro que ganhava ela mandava para sua mãe.
 Mesmo já tendo passado anos da morte do seu pai. Cidinha ainda não tinha superado essa perda, e nas casas onde ela trabalhava existiam “pequenos bares” com muitas bebidas alcoólicas. Ela via naquelas bebidas uma forma de matar a dor da perda de seu pai.
 Em pouco tempo ela já era uma dependente do álcool, e esse que antes matava a dor que existia em seu coração se transformou em pesadelo na sua vida. Devido ao vicio do álcool, ela perdeu seu emprego e passou por outras diversas casas, de onde também foi demitida por causa do vício.
A bebida já fazia parte do seu dia-a-dia, Cidinha testemunhou que bebia quando acordava, bebia para ir pra escola e até mesmo bebia para dormir. E por causa disso ela já era conhecida por todas as patroas da cidade e com sua fama de bêbada já não conseguia emprego em nenhuma casa de família.
 Até que ela conheceu uma senhora muito religiosa que te deu emprego e abrigo.  Sabendo da sua fama essa senhora passou a observá-la, e ao invés de demiti-la essa senhora a ajudou, dando apoio para que ela pudesse vencer esse vício, que já a levava em direção a morte. Conduzida por essa senhora a procurar a Deus e através de grupos de jovens e grupos de oração ela foi curada do alcoolismo.
 Cidinha foi convidada a fazer parte da Comunidade Cenáculo do Amor, onde viveu por alguns anos se dedicando cada vez mais a Deus. Logo depois, Cidinha ingressou no Curso de Pedagogia da Universidade Federal de Viçosa, onde se formou. Hoje, Cidinha Oliveira faz parte da Renovação Carismática Católica na cidade de Barbacena em Minas Gerais, e contou sua história de vida para centenas de pessoas que ouviram seu testemunho de vida no Seara 2016.

Confira no vídeo a seguir o que Cidinha Oliveira tem a ter falar.

SEARA 2016 - "Vê a alegria que te vem de Deus" Br 4,36b   
Compartilhe:

2/07/2016

"O Poder do Encontro" marca a primeira pregação do Seara 2016

O coordenador arquidiocesano da RCC, José Carlos Camilo, tem 23 anos de Renovação e veio participar do 28º Seara. Com toda a sua alegria que vem de Deus, José Carlos fez a primeira pregação do encontro. E foi justamente “O Poder do Encontro” o tema de suas palavras. O coordenador nos lembrou as palavras do próprio Jesus: “onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles” (Mateus 18:20)




José Carlos ressaltou a importância de sermos íntimos de Deus. E essa intimidade depende da vivência espiritual, do quão abertos estamos para chegar ao Pai. Durante a pregação, ele usou a metáfora do camelo para dizer que não há poupança espiritual. Não somos camelos. Precisamos beber a água do Espírito Santo constantemente. E, para isso, é necessário viver a palavra e estar imerso na Eucaristia.

Ao final, José Carlos deixou uma oração para tocar o coração de quem participa do Seara, seja pessoalmente ou acompanhando pelas redes sociais:

Senhor, eu me coloco, agora, debaixo do Teu agir, do Teu movimentar, do Teu poder. Que a Tua promessa se cumpra, Senhor, na minha vida, neste dia. Vem Espirito Santo! O que nós vamos fazer juntos hoje?  
Compartilhe:

2/06/2016

Seara 2016 começa com muita alegria

Com o tema “Vê a alegria que te vem de Deus” Br 4, 36b, o Seara 2016 começou! 
Já são 28 anos que o tradicional carnaval católico da Renovação Carismática de Viçosa acontece, e durante esses 28 anos milhares de pessoas já participaram deste grandioso evento. O objetivo principal da 28º edição do Seara é levar os participantes a entender e vivenciar a verdadeira alegria, fruto da presença constante de Deus em suas vidas.

Segundo a coordenação do Seara são esperadas mais de 10 mil pessoas que participarão de missas, pregações, animações, testemunhos, dentre outras atividades. Também vai acontecer o Searinha, espaço dedicado para as crianças que vêm participar do evento durante os quatro dias.

O ponto alto da noite deste sábado (6), foi a celebração da Santa Missa com o bispo da arquidiocese de Mariana, Dom Geraldo Lyrio Rocha, que abriu oficialmente as atividades do Seara 2016.
Com seus 28 anos de tradição, o Seara não recebe somente pessoas de Viçosa, existem diversas caravanas que vieram de várias partes do estado de Minas Gerais e até mesmo de outros estados. Também estão presentes no Seara diversas comunidades dedicadas a vida religiosa.
Logo após a Santa Missa aconteceu a 1º edição do Festival de Música Católica do Seara. Foram mais de 10 bandas selecionadas que disputaram com músicas inéditas feitas especialmente para o Seara.



Seara 2016: “Vê a alegria que te vem de Deus” Br 4, 36b.
Compartilhe:

2/03/2016

Olha esse grande Convite!


Veja neste vídeo dos nossos queridos coordenadores o que te aguarda nos dias 06 a 09 de Fevereiro no Espaço Multi Uso da UFV!!!
‪#‎Seara2016‬ ‪#‎VêaalegriaquetevemdeDeus‬ ‪#‎Carnaval‬

Acesse o Link no Blog: http://www.searavicosa.com/2016/02/olha-esse-grande-convite.html
Publicado por Seara - RCC Viçosa em Quarta, 3 de fevereiro de 2016
Compartilhe:

1/28/2016

Resultado das Músicas selecionadas para o I Festival

I Festival de Música Católica de Viçosa
RESULTADO - Músicas Selecionadas
Inscrição 007 
Nome: Resgatados Por Maria
Autor: Wagner Ribeiro
Cidade: Conselheiro Lafaiete-MG
Musica: Quero Adorar-te
Inscrição 009 
Nome: Ministério Dom de Deus
Autor: Michel Enrique A. da Paixão
Cidade: Viçosa – MG
Musica: Para sempre amigos vamos ser
Inscrição 010 
Nome: REYNALDO COSTA
Autor: REYNALDO COSTA
Cidade: NITERÓI / RJ
Musica: Vida
Inscrição 011 
Nome: Ministério Kadosh
Autor: Ministério Kadosh
Cidade:
Musica: Quando fiquei longe de Ti
Inscrição 012 (Entrar em contato com denilceml@yahoo.com.br)
Nome: ?
Autor:
Cidade:
Email:
Musica: Nos momentos de alegria, estás comigo Senhor
Inscrição 016 
Nome: Banda Círculo de Abraão
Autor: Flávio Bessa
Cidade: Juiz de Fora -MG
Musica: Um tesouro maior
Inscrição 019 
Nome: Na Tua Presença
Autor: Emerson Pereira
Cidade: Santos – SP
Musica: A Tua Graça em mim
Inscrição 020 
Nome: CATHÓLIKONS
Autor: Marlon Lopes e Jean de Andrade
Cidade: Ouro Branco – MG
Musica: Praesidium
Inscrição 021 
Nome: Alessandra Vieira de Almeida
Autor: Maria Teresa Fernandino e Alessandra Vieira de Almeida
Cidade: Viçosa – MG
Musica: Encontro
Inscrição email 2 
Nome: Roni Barbosa
Autor: Roni Barbosa
Cidade:
Musica: Sinal eficaz do agir do Pai
Inscrição email 1 
Nome: Ministério Encontro
Autor: MInistério Encontro
Cidade: Osasco – SP
Musica: Eu Quero Te Adorar
Compartilhe:

1/27/2016

Empresas que apoiam os Seminários 2016

O nosso agradecemos as empresas que apoiam os Seminários do Seara 2016.

Compartilhe:

1/26/2016

Empresas e Instituições que apoiam o Seara 2016

O nosso sincero agradecimento às empresas e Instituições que estão patrocinando ou apoiando o Seara e assim ajudando-nos a realizar este evento tão importante para toda a comunidade viçosense. São elas:



Apoio:
Prefeitura Municipal de Viçosa
Universidade Federal de Viçosa
Rádio Montanhesa
Compartilhe: